Jogos como ferramentas de educaçãos

Muito além de simples passatempos, os jogos são ferramentas importantíssimas na formação das crianças, e, principalmente, na sua educação.

Nada como explorar jogos de tabuleiro e até mesmo os eletrônicos e descobrir os seus benefícios para o processo de ensino-aprendizagem.

Quando bem organizadas, as atividades aliadas a jogos podem ser ricas fontes de conteúdo. É interessante entender que este método é capaz de tirar os pequenos da rotina, ensinar através de uma nova linguagem – mais atraente- a fim de conquistar a atenção e o engajamento dos alunos, durante as aulas.

Confira os benefícios:

Promover a sociabilidade: para crianças mais tímidas, um jogo em dupla ou grupo pode mudar este cenário, promovendo o diálogo, a compreensão e a diversão.

A importância das regras: um dos primeiros contatos da criança com a disciplina e as regras é através dos jogos, em que eles aprendem que é necessário segui-las para conseguir alcançar seu objetivo.

Aprender a perder e a ganhar: aprender a ganhar é fácil, mas e a perder? É mais difícil de lidar com este fato, não é verdade? Um jogo é como um preparo para a vida, em que é natural que em alguns momentos nem sempre é possível chegar em primeiro lugar.

Jogos e educação: jogos podem ensinar a cada regra, ao manipular uma peça ou realizar uma jogada. Eles ensinam a ler para todo o grupo (ao explicar as regras aos colegas), tirando a timidez, ajuda a criança a se expressar melhor, melhora o seu raciocínio lógico, o pensamento rápido e a memória. Eles são muito utilizados em sala de aula, auxiliando no desempenho dos alunos de maneira natural e prazerosa.

 

Fontes: Revista Educação

 


voltar