A Importância do Berçário

Desde a gestação, a mãe já constrói um grande apego com seu filho. O término do processo gestacional gera certa insegurança por conta da “separação” do bebê para poder seguir com a sua rotina de trabalho, estudo ou até mesmo para cuidar dos afazeres domésticos. Sabemos que essa insegurança existe, e que é completamente normal essa sensação.

A criança não ficará no Berçário apenas para ser cuidada enquanto a mãe tem outras responsabilidades importantes, ela ficará absorvendo conhecimentos, se desenvolvendo, aflorando o melhor. Na fase da primeira infância, a criança é fortemente influenciada por todo o meio em que convive. Isso é fundamental para um bom desenvolvimento, sem contar a melhora na cognição e socialização com as outras crianças e o desenvolvimento da sua autonomia.

O ideal é que os pais procurem um local de confiança, busque referências, saiba melhor como funciona a alimentação, os cuidadores e o ambiente, para que assim se sinta mais confortável em deixar o pequeno e seguir com as responsabilidades diárias que possui.

Lembre-se: essa é a melhor fase para incentivar o desenvolvimento do bebê, dar a ele a oportunidade de evoluir da melhor forma e feliz.


Fontes: Ativaidade

 


voltar